CMS monitora o tratamento do esgoto

A CMS (Companhia Matonense de Saneamento), empresa responsável pela ETE São Lourenço (Estação de Tratamento de Esgoto), é conhecida como uma das mais mo ernas do Brasil. Opera desde 2005 e possui dois certificados: um pela qualidade dos serviços prestados (Iso 9.001) e outro pelo compromisso com as questões ambientais (Iso 14.001). A missão da empresa é preservar vidas e, por isso, todo o processo passa por um rigoroso controle de qualidade através de análises diárias que possibilitam o acompanhamento do desempenho de vários parâmetros físico-químicos, oferecendo suporte à operação, que é totalmente automatizada, gerando dados em tempo real e facilitando a tomada de decisões e a busca rápida para a solução de problemas.

Após o tratamento do esgoto, depois da remoção de mais de 98% dos poluentes, a água cristalina resultante de todo o processo é direcionada ao rio São Lourenço com percentual de oxigênio acima do exigido pelas leis ambientais e do próprio rio que a recebe, em condições ideais para manter os ecossistemas do São Lourenço e preservar a vida de peixes , cágados e outras espécies que ali vivem. Todo o tratamento é realizado com baixo consumo  nergético. Mesmo assim, a empresa busca constantemente implantar novas tecnologias que possam gerar menos consumo de energia.

           

 

Empresa Fabrica Fertilizante

 

A CMS investiu em pesquisas e construiu a fábrica de fertilizantes. Assim, a biomassa que antes era descartada em aterros sanitários específicos para esse fim, passou a ser encaminhada à fase de desidratação, onde o excesso de água é retirado e a biomassa é enriquecida, se transformando em um poderoso adubo orgânico: o FertiClean, registrado no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e classificado pelo órgão como composto orgânico classe D. Fonte de matérias orgânicas e nutrientes indispensáveis para a agricultura, o FertiClean é doado pela empresa aos produtores rurais locais e da região interessados, aumentando a produtividade e reduzindo o aporte de investimentos feito pelo produtor. São cerca de 200 toneladas por mês que passaram a ter destinação correta, podendo ser utilizado

nas culturas de laranja, limão, cana-de-açúcar, milho, soja, café, seringueira, eucalipto e outros pomares como goiaba, abacate, além de ser forte aliado na recuperação de áreas degradadas.

 

 

FertiClean

 

O adubo passou a ser desenvolvido no final de 2011, envolvendo um amplo trabalho de pesquisa e análises, desenvolvidos e aplicados por agrônomos da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (Esalq da USP), empresa Biossolo e especialistas em resíduos. Enriquecido com calcário dolomítico (cálcio e magnésio) e cal virgem micropulverizada, o produto é criteriosamente monitorado, com análises diárias de PH e análises físico-químicas e microbiológicas mensais realizadas pelo Instituto Agronômico de Campinas (IAC).

 

Fomento À Agricultura

 

Os testes de campo apresentaram resultado acima do esperado até para os mais céticos, com produtos mais saudáveis e maior produtividade em determinadas culturas e melhor desenvolvimento da planta e enriquecimento de matéria orgânica no solo em todas as áreas aplicadas. Tais benefícios são possíveis devido à alta concentração de compostos orgânicos contidos no FertiClean. De todas as vantagens, talvez a mais atrativa seja seu apelo como importante componente econômico, uma vez que, sendo gratuito, chegou a representar economia ao produtor de até R$ 30 mil com investimentos em fertilizantes químicos, se tornando forte potencializador de competitividade de preços dos produtos do campo.

 

Acompanhamento no campo

 

As pesquisas de campo têm apresentado resultados impressionantes, como na aplicação em citros, por exemplo. Ao comparar os pés de laranja, Pera Sunk em pomares com e sem o fertilizante em uma mesma fazenda, os pomares que aplicaram o FertiClean alcançaram tamanho igual aos pés de laranja de pomares plantados quase 10 meses antes. Isso comprova que o fertilizante é um bom condicionador da terra e tem melhorado a estrutura física do solo.

O solo está mais encorpado, o que pode ser notado pela braquiara viçosa que tem nascido entre as linhas de plantio. Há relatos, inclusive, de que pomares que receberam o FertiClean têm se mostrado mais resistente a determinadas pragas. Os produtores que se interessarem pela aquisição do produto podem entrar em contato com a CMS pelo telefone 3382-5855.

 

 

 

 

Fonte : Informativo da Companhia Matonense de Saneamento (CMS) / Material encartado no Jornal do Comércio.
Data da Informação : 27/07/2018