Primeiro ‘Green Company’ é realizado em Matão

Com o objetivo de expor iniciativas relativas à sustentabilidade e à educação ambiental realizadas no ano de 2018 por empresas matonenses, a Prefeitura de Matão, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, Saneamento e Recursos Hídricos, e o Conselho Municipal do Meio Ambiente realizaram a primeira edição do evento de certificação ambiental denominado ‘Green Company’.

O encontro teve patrocínio da CP Kelco e apoio da Zelo Urbano. Na ocasião, 16 empresas de Matão realizaram apresentações no auditório do Othon Suítes na última quinta-feira (17). Dentre as empresas participantes estavam Águas de Matão, ATA Antoniosi, Baldan Implementos Agrícolas, Cambuhy Agrícola, Citrosuco, CMS (Companhia Matonense de Saneamento), CP Kelco, Elite Confecções, Louis Dreyfus, Marchesan Implementos Agrícolas, Predilecta Alimentos, Zelo Urbano, Cooperasolmat, CooperMatão, Grupo Matão Mais Verde e Sincomércio.

Do ato, participaram o prefeito Edinardo Esquetini, o vice-prefeito Moacir Matturro, o secretário da pasta, Marcos Nascimento; o presidente da Câmara de Matão, Luis Manzini; o gerente geral da CP Kelco, Anderson Alex de Almeida; e o representante da Zelo Urbano, José de Oliveira; além de diretores, secretários, servidores municipais, membros das instituições que se apresentaram no evento, entre outras autoridades.

Essa certificação é proposta na Lei Ambiental 4.138 de março de 2010, no artigo 11, inciso XV, que diz: “cada empresa inscrita no evento terá um espaço para expor suas iniciativas e receber a certificação ambiental”.

Esta atividade sugerida pela Lei vem de encontro à proposta da atual gestão de desenvolver ações importantes para preservação ambiental. Lembrando que as ações do Executivo resultaram na conquista do certificado Município VerdeAzul para Matão, ficando na 50ª posição entre as 645 cidades do Estado de São Paulo.

De acordo com José de Oliveira, da Zelo Urbano, Matão será referência em gestão ambiental. “Matão é uma cidade extraordinária com empresas e pessoas incríveis, além de ser um município que pode se tornar referência em gestão ambiental porque já existem muitas coisas boas sendo feitas na cidade. Esse evento de entrega de certificados é simplesmente um reconhecimento por todas as boas práticas na área do meio ambiente de responsabilidade socioambiental que já é realizado aqui pelas empresas, pelo governo, pelas pessoas e pelas entidades matonenses”, diz. Já Anderson Alex de Almeida, da CP Kelco, relata a importância da primeira edição do ‘Green Company’ em Matão. “Nossa companhia e os empresários matonenses acreditam na sustentabilidade e na educação ambiental, assim como todo esse conceito de preservar o meio ambiente”.

Portanto, uma vez que encontramos na Prefeitura de Matão essa conexão e esse desejo de tornar as questões de sustentabilidade um fato na prática, então foi muito fácil de aderir a esse projeto. Enxergamos que é importante a indústria participar junto com o poder público entusiasmando a comunidade a engajar nos programas ambientais”, afirma.

Marcos Nascimento explica que Matão avançou muito em questões ambientais nos últimos 2 anos. “Realizamos essa confraternização para reconhecer essas empresas que fizeram algo positivo para Matão em relação ao meio ambiente em 2018. Hoje, trocaram experiências magníficas com exemplos de instituições que diminuíram o consumo em 5 mil litros de água por dia e o lançamento de gases na atmosfera, que estão tratando a água para devolver ao rio, entre outras atitudes bacanas apresentadas nessa data. Vale destacar que a atual administração conseguiu retirar o município de uma posição 478 para o 50º lugar no Município VerdeAzul. Aproveito para agradecer o prefeito Edinardo Esquetini por acreditar no nosso trabalho, dando condições para que possamos desempenhar isso como missão e um legado para a cidade”, finaliza. | Assessoria de Imprensa

 


Fonte : Informativo da CMS / Encartado no JCMatão
Data da Notícia : 25/01/2019

Últimas notícias